Museu Tam | Minha Proa: 050

Reportado por Alexandre Sales na frequência Artigos, Minha Proa

Amigos com a mesma paixão + museu de aviação = Sábado memorável

Durante a semana meu amigo Velotti me contata , era o sinal para confirmarmos nossa ida à São Carlos juntamente com sua esposa Nina. Nós, três pilotos e apaixonados pela aviação, iríamos à um lugar que não poderia sintetizar melhor esse sentimento, o Museu Tam.

Estávamos nos planejando desde o ano passado, e minha expectativa não poderia ser maior, afinal, eu já havia pousado e sobrevoado o Aeroporto de São Carlos, local do museu, diversas vezes, mas nunca tive a oportunidade de visitar o local.

Mas se não fui por ar, fui por terra!

Links da Semana

Reportado por Renato Cobel na frequência Links da Semana

Links da Semana

Sugestões? Envie o link para nosso e-mail com o assunto “Links da Semana” Você pode mandar links interessantes do seu próprio blog ou site para divulgá-lo

Camisetas banner

Dúvida – Fazer o PC na Europa é uma boa opção?

Reportado por Rodrigo Satoshi na frequência Duvidas

Seguindo com nossa série sobre dúvidas quanto a formação aeronáutica, vamos responder à pergunta de hoje:

Dúvida

Olá me chamo Andrei Mittmann tenho 18 anos e comecei a voar meu PC agora.

Estou pensando em fazer meu PC na Europa, mas não sei qual visto tirar  para voar legalmete por lá.

Minha outra dúvida a respeito seria a seguinte! Já fiz o PP aqui no Rio Grande do Sul, terei que fazer novamente lá na Europa? Ou  essa carteira vale para todo o Mundo?

E realmente perguntanto VALE A PENA FAZER LÁ AS HORAS DO PC? É que vejo que lá as horas não variam muito do Brasil, mas vejo que um dos lugares que mais contratam é la na Europa, que é o contrário do Brasil!

Muito obrigado, e boa noite!

Andrei Mittmann

Nossa resposta

Andrei,

Você não precisa fazer o PP de novo no país em que escolher voar o PC, mas terá que fazer a convalidação da sua licença de PP do Brasil para a licença de PP daquele país.

Sugiro a você procurar uma escola no país em que você escolher fazer o seu curso. Sei que o processo de convalidação varia de país para país: uns pedem mais horas de voos, enquanto outros pedem menos. O que eu tenho certeza que você irá fazer é tirar o CMA naquele país, e também fazer um prova de regulamentos, para depois seguir para a parte prática.

O visto que você pode tirar é o de estudante – por sinal, muito tirado por brasileiros que vão voar o PP e o PC nos EUA.

Tenho muitos alunos – franceses, italianos e portugueses – que vêem ao Brasil para fazer o curso de PP, PC e INVA, devido ao preço das horas de voo ser mais barato do que na Europa.

Com relação ao mercado de trabalho, todas as companhias aéreas européias (AIR FRANCE, BRITISH AIRWAYS, LUFTHANSA, IBERIA e outras) só contratam quem possui cidadania européia ou é natural daquele país, isso é regra básica. A mesma regra vale no Brasil, onde as companhias aéreas brasileiras só podem contratar pilotos brasileiros ou com cidadania brasileira.

Atenciosamente,

Rodrigo Satoshi
INVA – Instrutor de Voo de Avião

O leitor de hoje enviou sua dúvida através do nosso e-mail. Você pode fazer o mesmo, caso não encontre a resposta nas perguntas já respondidas.

CMA – Estou acima dos 40 anos, é possível migrar do CMA de 1º classe para 2º classe?

Reportado por Tatiana Trigo na frequência CMA

Seguindo com nossa série sobre dúvidas quanto ao CMA – Certificado Médico Aeronáutico, vamos responder à pergunta de hoje:

Dúvida

Boa Noite, segue minha dúvida.

Como não estou tendo atividades profissionais e estou acima dos 40 anos queria saber se, é possível migrar do 1ª Classe para 2ª Classe? De maneira que os prazos de revalidações fiquem mais distantes.

Grato.

Antonio

Nossa resposta

Antonio,

Conforme a RBAC67, um CMA só poderá ser revalidado na mesma classe, ou então, um CMA 1ª classe pode ser revalidado como um CMA de 2ª ou 4ª classe, ou ainda, um CMA de 2ª classe pode ser revalidado como um CMA de 4ª classe. Então, o candidato à revalidação deverá submeter-se a um exame de saúde pericial de revalidação, com os critérios da classe pretendida e permitida.

Atenciosamente,

Dra. Tatiana Trigo

Médica Aeroespacial

O leitor de hoje enviou sua dúvida através do nosso e-mail. Você pode fazer o mesmo, caso não encontre a resposta nas perguntas já respondidas.