5 Dicas Para Construir Seu Networking na Aviação

5 dicas Network

Desde o início de sua formação, muitos alunos pilotos escutam falar sobre a importância do Q.I. (“Quem Indica”) para que um piloto consiga um bom emprego. A verdade é que esta é uma necessidade em qualquer mercado de trabalho, e não apenas na aviação. E a maneira mais trivial de enfrentar esse problema é construir uma boa rede de relacionamentos, ou networking. Mas você sabe como construir uma boa rede de contatos? Hoje, compartilhamos com vocês algumas pequenas dicas que podem ser de grande ajuda nesse sentido:


Comece no momento certo

Diferente do que muitos possam imaginar, a construção de um bom networking não começa na hora de procurar emprego. Ela pode (e deve!) começar logo no início de sua instrução. Alunos de qualquer curso devem ter em mente que seus professores são, antes de tudo, profissionais da área em que eles desejam atuar. O mesmo se aplica portanto aos seus instrutores de voo, tanto do curso teórico quanto do curso prático. Da mesma forma, seus colegas de estudo também estarão inseridos no mercado de trabalho, mais cedo ou mais tarde. Então, por que não pensar no seu networking desde o seu primeiro dia de aula?


Conheça as pessoas pelo nome

A melhor forma de se tornar conhecido na aviação não é fazendo uma passagem baixa pela torre de controle. Brincadeiras à parte, a melhor forma de ser conhecido é conhecendo pessoas. Preocupe-se em saber os nomes de seus instrutores e colegas, e sempre que a ocasião permitir, cumprimente-os pelo nome, com um olhar nos olhos e um firme aperto de mão. Saber o nome das pessoas demonstra preocupação e apreço; cumprimentar sem desviar o olhar demonstra sinceridade e transparência. Se você gostaria de ser tratado dessa forma, logo entenderá porque outros também gostarão de serem tratados assim.


Seja franco e sincero

De nada adianta construir relacionamentos em qualquer área se, acima de tudo, a sua atitude for interesseira. As reais intenções de um aluno e/ou futuro profissional transparecem em suas atitudes: se sua intenção ao construir relacionamentos visar meramente obter algo em troca, isso logo se tornará evidente aos que lhe rodeiam. Portanto, antes de esperar que os outros façam algo por você, esteja você disponível para os outros. E lembre-se de que a medida de seu caráter aparece na forma que você trata as pessoas que não podem lhe trazer benefício algum.


Saiba trabalhar em equipe

Você pode ser um verdadeiro ás da aviação, mas dificilmente terá boas oportunidades se não souber ser parte de um time, tratando outros tripulantes com respeito e cordialidade. Ninguém vive isolado em uma bolha anti-social, e o mesmo se aplica a pilotos. Em muitos casos, a habilidade de trabalhar em equipe pode até suplantar eventuais deficiências técnicas: não só um profissional que sabe trabalhar em equipe pode ser treinado com mais facilidade, como as competências técnicas são mais facilmente ensinadas do que as competências sociais. Ou seja: é mais fácil ensinar um bom colega a ser um bom piloto, do que ensinar um bom piloto a ser um bom colega.


Por fim, seja o melhor piloto que puder ser

Então você construiu uma sólida rede de amigos e contatos, mas é negligente numa simples execução de checklist. Pare e pense: por melhor amigo e colega que você seja, acha que seus contatos colocariam a própria reputação em jogo, ao indicar um tripulante que possa causar problemas no futuro? É por isso que pilotar os livros é tão importante quanto voar o seu avião. Tenha seus estudos sempre em dia, revise seus conhecimentos periodicamente, e lembre-se de que um bom piloto está sempre aprendendo. Para nós, pilotos, conhecimento é vida: se quanto mais uma pessoa comum vive mais ela aprende, quanto mais um piloto aprende, mais ele vive.

Luiz Cláudio Ribeirinho
Redes

Luiz Cláudio Ribeirinho

Piloto Privado Teórico, host e editor do CP Cast, revisor, e vocalista da banda Rock Wheels.
Luiz Cláudio Ribeirinho
Redes

Latest posts by Luiz Cláudio Ribeirinho (see all)