CMA – Posso ser Piloto Comercial mesmo tendo artrodese de coluna?

posted in: CMA | 1

Seguindo com nossa série sobre dúvidas quanto ao CMA – Certificado Médico Aeronáutico, vamos responder à pergunta de hoje:

Dúvida

Aqui é tulio, vejo direto seus videos no you tube, estou com uma duvida nao sei se voce pode me ajudar ou se ja viu algum caso ou conheca algum amigo que tem a mesma cirurgia que a minha que é uma artrodese de coluna, tenho 24 anos quero fazer o curso de PP procurei uma medica credenciada ela disse que no classe 2 eu passo porque nao exige nada para coluna, mas ela nao faz o classe 1, gostaria de saber se voce poderia me ajudar a me informar se nao tem problema algum me tornar piloto comercial, mesmo porque levo vida normal, nao tenho restricoes de nada, só nao posso pegar peso extremo devido as parafusos na coluna, motivo dos parafusos foi acidente de carro, mas ja faz 5 anos, posso ranca-los mas falta coragem de entrar na sala de cirurgia e sobre a recuperacao..

obrigado

Nossa resposta

Tulio,

A RBAC 67 não faz menção a cirurgias ortopédicas, inclusive artrodese de coluna. Porém, enfatiza sobre patologias ativas, sintomas e limitações que possam afetar a segurança de voo.

No seu caso, será avaliado se apresenta-se sintomático, se há alguma limitação funcional (ou seja, de movimentos), a gravidade ou não da patologia motivo da necessidade cirúrgica, se há algum desvio de coluna em grau importante. Tudo isso será avaliado, e a critério do médico, poderão ser solicitados exames complementares. Conforme avaliação, se o quadro estiver estável, sem repercussões clínicas, e não afetando a segurança de voo, terá possibilidades de adquirir o CMA.

Seguem critérios osteo-articulares conforme RBAC 67:

67.95 Requisitos ósteo-articulares
(a) O candidato não pode apresentar qualquer anomalia dos ossos, articulações, músculos, tendões ou estruturas conexas que, a critério do examinador ou da ANAC, sejam susceptíveis de causar alguma deficiência funcional que possa afetar a segurança de voo.
(b) O candidato não pode possuir:
(1) doença ativa dos ossos, articulações, músculos e tendões;
(2) sequelas funcionais de doenças congênitas ou adquiridas;
(3) escolioses, cifoses e lordoses sintomáticas que, a critério do examinador ou da ANAC, possam afetar a segurança de voo; ou
(4) hérnia discal com sintomatologia neurológica.

Atenciosamente,

Dra. Tatiana Trigo
Médica Aeroespacial

O leitor de hoje enviou sua dúvida através do nosso e-mail. Você pode fazer o mesmo, caso não encontre a resposta nas perguntas já respondidas.

  • Matheus Vieira

    Eu passei por uma operação para correção de escoliose ano passado, e saí com alguns parafusos a mais também. Pelo que eu pesquisei até agora, não teria problemas em conseguir o CMA de segunda classe, já que também não fiquei com nenhum tipo de limitação ou lesão (exceto também, uma limitação para esforços muito acentuados).

    Mas e sobre o CMA de primeira classe? Eles são mais rígidos com relação a isso?

    Sds