Piloto de Linha Aérea por um dia

plaporumdia_capa_canalpiloto

Uma das coisas mais naturais sobre a aviação é o fascínio que ela exerce sobre inúmeras pessoas, sejam elas leigas, entusiastas ou mesmo aqueles que sonham em ser pilotos um dia. Pensando nisso, muitas empresas que fornecem treinamento de Jet Training oferecem, também, o serviço de “Piloto por um dia”. Basicamente, trata-se de uma experiência onde o visitante assume os comandos do simulador de uma aeronave de linha aérea, acompanhado por um instrutor, incumbido de suprir ao visitante os conhecimentos que ele não possua para conduzir a aeronave.

Recentemente, estivemos na Delta 5 Simuladores de Voo para acompanhar a visita de um dos nossos mais novos membros da equipe, o Lucas Ferreira. Conversando com os instrutores, soubemos de diversos perfis de visitantes, desde leigos buscando enfrentar o medo de voar até entusiastas que sonham em ser pilotos um dia – como é o caso do nosso próprio amigo. Mesmo no caso de pilotos privados em formação – como é o caso deste que vos escreve – a experiência é incrivelmente enriquecedora. E hoje, trago a vocês algumas das coisas que aprendemos em nossa própria experiência:


A importância do CRM de cabine

Quando se é um piloto virtual, usuário de aeronaves payware homologadas pelo próprio fabricante da aeronave real, é natural sentir-se familiarizado com o cockpit do simulador. Essa sensação, no entanto, acaba por ser desconstruída, e é saudável que isso aconteça.

Pilotos virtuais estão acostumados a fazer sozinhos todo o gerenciamento de cabine, algo que não acontece na vida real. A pilotagem envolvendo comandante e co-piloto é uma verdadeira coreografia a quatro mãos, onde Pilot Flying e Pilot Monitoring têm funções muito bem estabelecidas e sincronizadas. Nenhum botão deve ser pressionado se aquela não for a sua responsabilidade, por mais óbvia e necessária que pareça a ação. Nenhuma ação deve ser tomada sem que o outro piloto tome conhecimento. A interação entre os pilotos é mais importante do que qualquer talento, conhecimento ou aptidão técnica que um dos pilotos possa ter isoladamente.


O aprendizado incondicional

Algo que se pode dizer com segurança sobre a experiência é que, quanto menos experiente você for, mais aprenderá em sua visita. E a menos que você seja um comandante checador internacional, você sempre aprenderá algo adequado ao seu nível de conhecimento. Seja algo relacionado aos conceitos básicos de voo manual, sobre a maneira correta de efetuar o briefing de uma carta de voo por instrumentos ou algo sobre os sistemas da aeronave, o instrutor que lhe acompanha sempre terá algo a lhe acrescentar. Ajuda muito se você deixar seu orgulho do lado de fora do simulador.


Conclusão

A experiência de “Piloto por um dia” é certamente enriquecedora, quer seja pela curiosidade de saber o que se passa no cockpit durante sua viagem, ou para conhecer um pouco do que lhe espera em suas futuras aulas de Jet Training. Para pilotos em formação, em qualquer estágio, é uma experiência que certamente recomendamos. Mesmo visitando os simuladores por simples entretenimento, sempre haverá algo a se aprender.

Luiz Cláudio Ribeirinho
Redes

Luiz Cláudio Ribeirinho

Piloto Privado Teórico, host e editor do CP Cast, revisor, e vocalista da banda Rock Wheels.
Luiz Cláudio Ribeirinho
Redes

Latest posts by Luiz Cláudio Ribeirinho (see all)