CMA – Quais os requisitos odontológicos para aprovação no CMA?

posted in: CMA | 4

Seguindo com nossa série sobre dúvidas quanto ao CMA – Certificado Médico Aeronáutico, vamos responder à pergunta de hoje:

Dúvida

Eu sempre quis ser piloto mas sempre ouvi dizer que, para ser piloto, deveria nunca ter arrancado nenhum dente. Mas, agora, ao ver esse site de vcs, fiquei animado, porque minha saúde sempre foi boa, apesar de eu ter feito 6 canais nos dentes. Aí, estou vendo que posso ser piloto mesmo sem ter a dentição perfeita, como no original. A minha pergunta parece ter sido respondida no próprio site, porque, basta ter o canal fechado e tratado antes do exame.

Mas ainda estou com dúvidas. O meu caso é que: eu tenho todos os dentes. Fiz 6 canais e 2 deles estão precisando, ou refazer ou remover tudo. A relação quantidade de dentes que reprova tendo ausência de dentes, qual é o total de dentes que pode faltar? Se eu colocar um dente como prótese, no caso dos 2 que estão aparecendo o buraco (caninos superiores)…

Bom, eu fiquei animado em ser piloto, porque sempre foi meu sonho desde criança, mas não gostaria de fazer o curso e saber somente depois que o $$$ foi jogado fora porque faltava dente, ou que a prótese dentária não serve, porque o dente deveria ser o original.

Enfim, a munha dívida é: qual a quantidade necessária de dentes originais, ou qual a quantidade de ausência de dentes pode ser válida ainda pra se ser piloto, ou, se eu trocar dodos os dentes originais por prótese, vou ser reprovado porque só serviria dente original?

Uma boca que já sofreu 6 ou 8 canais, ou os dentes foram substituídos reprova?

Qual o estado mínimo necessário bucal-ortodôntico aprovável no exame? o que realmente reprova em se tratando de dentes, ausência de dentes, pontes, próteses, implantes?

Me ajudem a realizar o meu sonho de ser piloto privado e me informem sobre toda essa questão de dentes, porque essa seria minha única modalidade de reprovação.

Muito obrigado e aguardo a resposta.

Nossa resposta

Conforme a RBAC67, nos requisitos odontológicos, não fica estabelecida a quantidade de dentes que podem estar ausentes. O candidato deverá apresentar um número de dentes compatível com uma função mastigatória assintomática, tolerando-se próteses que satisfaçam essa condição e que não prejudiquem a fonação. Estas alterações ocorrem por vários fatores, como individuais, posição dos dentes que estão faltando, deformidades ósseas, etc.

Requisitos Odontológicos RBAC67:

Nos exames de saúde periciais iniciais e nas revalidações, o candidato deve atender aos seguintes requisitos odontológicos:
– presença de um número de dentes compatível com uma função mastigatória assintomática,
tolerando-se próteses que satisfaçam essa condição e que não prejudiquem a fonação;
– ausência de cáries profundas;
– ausência de moléstias periodontais evidenciáveis ao exame visual ou radiográfico;
– ausência de afecções periapicais constatadas visualmente ou em exames radiográficos;
– ausência de deformidades maxilares ósseas, ou de tecidos moles ou dentários, congênitas ou
adquiridas, que dificultem a mastigação ou a articulação da palavra;
– ausência de curativo dentário; e
– ausência de tratamento endodôntico em curso.

Conforme a ICA 160-6 ( Instruções Técnicas das Inspeções de Saúde na Aeronáutica) que tem a finalidade estabelecer os requisitos, causas de incapacidade, normas e rotinas para a execução das Inspeções de Saúde (INSPSAU) pelas Juntas de Saúde (JS) do Sistema de Saúde da Aeronáutica (SISAU).

Aplicado nas Inspeções de Saúde iniciais dos candidatos, militares e civis, ao ingresso no COMAER.

– Presença de todos os dentes anteriores naturais, incisivos e caninos, tolerando-se próteses ou soluções decorrentes de terapia ortodôntica que satisfaçam à estética e à função mastigatória e
fonética.

– Presença de, no mínimo, 04 (quatro) molares naturais, 01 (um) em cada hemi-arcada. Os espaços existentes, em decorrência de ausências de molares e/ou pré-molares, deverão estar ocupados
por próteses que satisfaçam à estética e função mastigatória.

Portanto, se seus canais já estiverem todos tratados e finalizados e não houver comprometimento da função mastigatória e da fonação, não terá problemas à obtenção do CMA, em relação à parte odontológica.

Atenciosamente,

Dra. Tatiana Trigo
Médica Aeroespacial

O leitor de hoje enviou sua dúvida através do nosso e-mail. Você pode fazer o mesmo, caso não encontre a resposta nas perguntas já respondidas.

  • gabriel silveira

    Olha sou voluntario e estou no processo de seleção sendo que não espeçao pedica pediu o tratamento de um dente , caso eu queria arranca esse dente tem algum problema ?

  • ANA PAULA

    Boa tarde

    Tenho 29 anos e tenho um membro inferior 16 mm menor que o outro. Esta discrepância impede o ingresso para o CFOInf? Apresento leve escoliose, não maior que 12 graus.

    Grata

    Ana Paula

  • Andrew Moura

    meu dentista falou que eu tenho que fazer uma obturação, se eu n fizer ela antes do exame vou ser reprovado?

  • Igor Barbosa

    ola boa noite , estava com uma duvida, mas acho que fui respondido , então esclarecendo; eu mandei rancar um molares apenas , sabendo que pode no minimo 4 molares naturais , posso ficar despreocupado no dia do exame ? aguardo . obrigado