CP Cast 16 – RBAC 61

posted in: CP Cast | 50

Este é o CP Cast – O podcast de aviação do Canal Piloto.

Oscar Lima Alfa senhores aviadores! Hoje Alexandre Sales (PP), Raul Marinho (PC) e Renato Cobel (PP) conversam sobre as principais mudanças e novas regras do RBAC 61.

No CP Cast de hoje: Saiba o que mudou nos primeiros passos da formação de PP, conheça o novo dilema da formação de PCH com o IFR, veja como o mínimo de 200h para os instrutores poderá inviabilizar a profissão, perceba como alguns pontos do regulamento facilitaram o recheque, e se você quiser se livrar da obrigatoriedade do curso teórico presencial de PP e PLA, corra!

Arte da vitrine:

Patrocínio:

Comentado na leitura de e-mails:

Produtos Canal Piloto:

Links relacionados ao programa:

Feed para o iTunes ou agregador:

E-mail

Clique no PLAY para escutar o episódio:

Play
Redes

Alexandre Sales

Piloto Privado de Avião, desviando de urubus nos céus da Terminal São Paulo desde o primeiro voo
Redes
  • Lucas

    Alguém sabe me dizer se por acaso eu começar o teórico de INVA no início do ano que vem precisarei já das 200 horas??

  • andrematiolli

    Parabens por mais este CPCAST!!!
    Agora é impressionate isso né, tem que aparecer pessoas como o Raul Marinho para poder desmistificar as regulamentações da ANAC….o orgão que deveria nos instruir acaba deixando a gente mais confuso (na grande maioria das vezes).

    Abraços a todos!!

    • Vinicius Borsato

      Obrigado, o Raul já tirou minha dúvida!

  • Estudei PP em casa e já fiz a banca, tbm já tenho CMA, mas ainda não con$egui começar o prático e meu PP vence em 2014. Caso, até lá, eu não consiga começar o prático, terei de fazer o teórico em aeroclube, como diz na RBAC 61, para renovar? Grato.

  • Ota Vio

    Mais uma vez, parabéns pelo cpcast. A dúvida que ficou é se o prazo de 22/06 para PP é o prazo para marcar a prova ou para realizar, pois tenho medo que não exista mais vagas para fazer a prova até junho.

  • Carlos Hillesheim

    Estou estudando PP em casa mesmo, e estou tendo Agilidade para isso, rs..
    Queria saber se posso solicitar a prova da ANAC uns dias antes do prazo para fazer a prova sem o curso teorico, e se me chamarem para fazer a prova, por exemplo, em agosto, poderei realizala pelo método antigo? Obrigado

  • Parabéns a todos pelo excelente Post!

    No Brasil, infelizmente somos acomodados, gostamos das coisas prontas, não procuramos saber ” o como e o porque”. Por isso engrandeço o trabalho que o Canal Piloto e o Raul Marinho tem nos proporcionado.

    Mas vale lembrar e praticar as palavras do nosso amigo Raul Marinho.
    “É importante você ter a sua própria leitura do regulamento, independente de ler o livro ou escutar o que as pessoas falam”

    PS,
    Alguém escutou o easter eggs? (risos)
    “…ao Vitor Castro… nossa…pera âe…..
    “O cachorro do vizinho…Queto aêêêê!!!!”

  • No final desse CPCAST foi exemplificado o Seneca como sendo “single pilot”, mas nessa aeronave não se usa esse termo pois o Seneca é avião de categoria CLASSE, e o termo “single pilot” é usado para aeronaves na categoria TIPO, ou seja, aquelas no qual é necessário um curso específico (Ground School) como é o caso do Phenom, R-22, R-44, King Air, etc. Voar “duplo-comando” é o termo usado nos casos de aviões CLASSE TPP, no caso do Seneca, por exemplo, o PP pode contar suas horas “duplo-comando” caso o comandante seja INVA ou PLA. Não é possível voar “duplo-comando” em aeronaves TPX (táxi aéreo) em um Seneca porque nesse caso trata-se de um co-piloto. Voar em avião “single-pilot”, Phenom por exemplo, só é possivel caso o candidato tenha o curso homolofado do avião, averbação do curso na ANAC e autorização do dono do avião para ocupar o lugar de um co-piloto em um avião “single-pilot” (sendo TPP CLASSE). O piloto que for pego voando no banco da direita em aeronave “single-pilot” (TPP CLASSE) e não possuir os documentos que acabo de citar, estárá infligindo a regra de voo nesse tipo específico e poderá estar sujeito a pena de cassação temporária da CHT e multa. Hoje isso acontece muito porque não há fiscalização.

    Em geral, esse CPCAST foi muito bom, igual aos demais. Parabéns Cobel, Sales e Raul Marinho. Essas palavras que acabei de falar foi com a intenção de correção, não o de menosprezar, ou coisas do tipo, e como a regulamentação é mesmo complicada, algumas coisas podem mesmo passar desapercebidas.

    • Na verdade, o termo “single pilot” nem consta do RBAC-61, e sói foi usado para explicar como funciona o regulamento, não sendo, portanto, um termo técnico. Se foi assim entendido, peço desculpas pelo inconveniente.

  • Jonathan, há nesse caso um engano. Claro que PP ou PC pode sim fazer horas em avião particular. Eu te pergunto: Piloto Comercial é ou não habilitado para voar avião particular ? Até hoje, em minha vida, sempre voei em avião particular sendo PC e não é hoje que a ANAC vai mudar essa regra básica. Apenas está sendo criado uma celeuma nessa questão, tão fácil de ser entendida, mesmo que você esteja na companhia de outro colega PP ou PC.

    • Jonathan Pereira

      Fred, realmente há uma confusão. A questão é: Sou checado PP, e iria fazer minhas horas de PC, em um avião particular de um amigo. O detalhe é que este amigo é apenas PP, pergunta: Eu voando acompanhado desde “PP”, as horas que fizer com ele, seriam válidas na contagem das horas mínimas para que eu adquira a habilitação de PC ?

      • Para as horas em comando, vc pode estar sozinho ou acompanhado do seu amigo PP, tanto faz. Já para s horas IFR e MLTE, vc vai precisar de um INVA/PLA.

        • Jonathan Pereira

          Perfeito Raul, obrigado pelo esclarecimento ! Fred, acho que é isso então… Obrigado tambem !

  • Não é bem assim. Os voos em comando não precisam de INVA ou PLA.

    • Jonathan Pereira

      Então num entendendo mais nada ! kkk ! Esse RBAC-61 ainda me deixa looooouco !

  • Uma correção: os equipamentos básicos de IFRH são o VOR, o ADF e o ILS, (Eu falei VOR, NDB e ILS).

  • Deyvis

    Para dar instrução em aeronaves MLTE eu precisarei ter 200 horas em comando em MLTE ou em MNTE também serve?

    • O piloto precisa ter 200h em comando, não importando em que aeronave, para poder checar o INVA. Porém, “para ministrar instrução de voo em aviões multimotores, helicópteros e aeronaves de sustentação por potência, o solicitante deve possuir, adicionalmente, um mínimo de 15 (quinze) horas de voo como piloto em comando no mesmo modelo de aeronave para qual pretenda ministrar a instrução de voo” (seção 61.233-a-5-iv). Ou seja: o piloto pode ter 185h em comando de MNTE, mais 15h em comando de Seneca, que ele pode dar instrução MLTE no Seneca (perceba que é preciso ter essas 15h no modelo, e não na classe).

      Para revalidar o IFR, de acordo com a seção 61.225, o piloto deve, além de fazer o recheque, comprovar ter recebido a instrução revisória, de acordo com a seção 61.23-b e c. Isso se estiver dentro do prazo, se não, tem que recomeçar praticamente do zero… Resumindo: sem carta de revalidação por horas, nesse caso.

      • Deyvis

        Por mim, a instrução revisória seria somente para quem não tem experiência recente. Obrigado pelos esclarecimentos!

  • Isso você verá na hora que for marcar de acordo com as datas disponíveis, algumas pessoas conseguem para a semana seguinte, e outras pegam fila de 2 meses

    • Ronaldo Nunes

      A título de informação, para ajudar a quem possa se interessar, marquei essa semana aqui no RJ. Estão com o prazo mínimo, ou seja, 5 dias úteis.

      Obs1: Vale lembrar que isso pode mudar de uma hora pra outra e pode acontecer de no dia desejado por você, não tenham mais vagas. Mas no momento a realidade é essa mesma: Por hora está tranquilo de agenda.

      Obs2: Também é importante citar que provas como PP e PC que são compostas por 5 grupos só podem ser realizadas à tarde (pelo menos aqui no RJ.

  • Ota Vio

    Obrigado pelos esclarecimentos Raul.

  • Você vai precisar fazer as 5h noturnas em comando no PC.

  • Bom dia Srs.

    Sou aluno de PP e tenho uma dúvida com relação ao RBAC-61, mesmo após ouvir o CPCast 16 sobre o assunto:

    – Se eu for aprovado na Banca da Anac antes de 22/06, para realizar o “PRÁTICO DE PP” após esta data, eu terei que ter realizado o curso em escola???

    Obrigado!

    • Não. Uma vez com o CCT de PP, vc está liberado do curso, mesmo que checar a licença depois de 22/06.

  • Oscar Lima Alfa pessoal,

    Compartilho da opinião do Samir.

    Conheci o Canal Piloto através do blog do Raul (Para ser Piloto), o qual também acompanho há menos de dois meses. Meu objetivo é pilotar helicóptero, mas vejo pouca informação e/ou foco neste mercado. Até o final do ano pretendo começar o meu PPH teórico e seguir em frente. Sempre quis começar pela escola teórica, então o prazo até junho nunca me preocupou.

    Embora não vá desistir do meu desejo, tenho 34 anos e já tenho uma carreira consolidada (bem parecida com a do Raul) e sei que terei que me planejar com cuidado, pois este mercado está cada vez mais exigente. Já consegui montar meu fluxo de caixa para o curso (PPH e PCH), mas ainda não consegui fechar este fluxo para o período inicial da carreira de PPH, até chegar a um nível financeiro pelo menos similar ao que já tenho hoje. Então, este tipo de “coaching” ajudaria e muito, rs.

    A propósito, este CPCast foi fantástico, principalmente por focar também em helicópteros.

    Grande abraço.

  • Parabéns Raul, como sempre muito seguro no assunto.

  • Esclarecedor o podcast, respondeu minhas dúvidas! Continuem assim, parabéns!

  • wesley rodrigues

    boa tarde meu nome é Wesley Rodrigues quero fazer o curso de PP tenho 25 anos sou mergulhador profissional tenho pesquisado muito sobre o curso . mas ainda tenho duvidas sobre as prova se existe algum tipo de simulado grátis ? e se possa achar o conteúdo das matérias. deis de já agradeço

  • Valeu pela sugestão Samir, isso já está em nossos planos! A aviação tem muito campo a ser explorado e com certeza nós vamos abordar muitos assuntos como esses… aguarde os próximos episódios, tem muita coisa legal pra vir. Abraço!

  • Ronaldo Nunes

    Gostei da “faixa-bônus” no final! Hehehe. Muito bom! Mais um CP CAST, mais uma missão cumprida com êxito (e louvor)!

  • Ronaldo Nunes

    Ficar sem instrutores talvez não, mas suas horas certamente ficarão mais caras (terão que absorver profissionais com perfil diferente dos atuais) e adivinha onde irá parar essa diferença? Nas nossas baratinhas horas de voo.

    E falando em NDB, o DECEA liberou agora em março uma AIC contendo o Plano de Desativação Gradual das estações NDB. A brincadeira só começa em 2014 e teoricamente vai até 2020. Que, quiser saber mais é só acessar a AIC em http://publicacoes.decea.gov.br/?i=publicacao&id=3859

    Abraços e bons vôos a todos!

  • Me ajudou bastante, varias dúvidas que eu tinha foram respondidas neste CP CAST. OBRIGADO !!!

  • Deu para entender não é Jonathan ? Como falado mais acima pelo Deyvis… pode voar em avião que você é habilitado sem prroblema, mesmo que você vá usar essas horas voadas para o PC.

    • Jonathan Pereira

      Desculpa a demora ao responder… mas deu sim Fred… Vlw !

  • Não “sujam”, não. É só vc não contá-las no respectivo processo.

  • Pessoal, eu não vou estar mais lendo os comentários aqui postados, e o disqus não costuma ser muito confiável. Então, solicito a quem quiser fazer uma pergunta diretamente a mim, que a poste no meu blog paraserpiloto.com, ok?
    Tks+abs,
    Raul

  • Luciano

    Paguei minha banca, agendei minha prova, mas a anac me ligou cancelando, pois foi marcada após o dia 22. agora apenas com indicação. qual o jeito mais fácil de conseguir meu dinheiro de volta ? obrigado

  • Fernando Reis

    Boa tarde a todos,
    ainda tenho muita dúvida sobre o RBAC 61, é muito confuso…
    Chequei em 2009 e não fiz mais nenhum voo. Quero rechecar e cada aeroclube/escola diz uma coisa.
    Não sei como devo proceder. Alguém pode me ajudar?
    Abraço

  • Benedito Gonçalves Neto

    O.L.A. pessoal… Gostaria de tirar uma duvida com vcs. Devido ao meu trabalho não estou fazendo as aulas teóricas em uma escola de aviação presencial. Já estou com prova marcada pra PPH e gostaria de iniciar o curso de PCH só que as escolas que oferecem o curso a distância estão cobrando a licença de PPH para iniciar o curso de PCH. Sei que a maioria dos aeroclubes, em S.Paulo por exemplo, ministram o curso de PCH sem o aluno ter “chekado” o PPH. Quem está certo nessa história??? É possível ou não iniciar o curso de PCH sem ter chekado o PPH???

    vlw

  • Carlos

    Boa noite Raul, parabens pelo blog e pela boa vontade em nos ajudar, se possivel me tire uma duvida: Ja fiz a banca pph e estou c/ 30 hrs de aula pratica, o meu cma ja e de 1a classe porem a escola so tera check no mes de março, para nao perder tempo eu poderia começar as aulas pratica de pch sem estar checado pph e sem ter feito a banca pch??? Obrigado

  • serge elie barbier

    Bom dia. Sendo Pca e tirando Pph ou Pch terei que ter 2 Cma’s ou basta o mais antigo de Pca?
    Obg.
    Cmte. Serge Elie Barbier

  • serge elie barbier

    Bom dia.
    Já sendo detentor de uma licença de PCA,ao tirar uma de PPH ou PCH terei que manter 2 CMA’s?E durante a instrução para PPH?Vou precisar de CMA de PPH?

  • André

    Olá Raul! Para mim não ficou bem claro. O recheque MNTE para quem não tem experiencia recente, deve ser feito com o checador da ANAC?

  • Henrique Andreão

    E após um ano, retorno aqui! Raul, até comecei PPA prático, mas ainda não conclui, portanto precisarei refazer prova de RTA. É gratuita mesmo? E o procedimento para agendar/solicitar é da mesma forma do exame inicial? Obrigado!

    • Sim, terá de fazer a prova de Regulamentos, mas não é gratuita, custa R$ 50,00. O pagamento da GRU e o agendamento são feitos do mesmo modo do CCT inicial sim.

      Abs

      Sales

  • Stefano Yoshio Tsutsume

    galera estou com muiiiiita duvida, quero rechecar meu PP, fiquei sabendo que posso revalidar apenas com as 20 horas voadas, isso é verdade? como faço,? posso fazer pela internet, sem ir em um aeroclube…? obrigado