Dúvida – Como fazer a convalidação do PPH/PCH?

posted in: Duvidas | 0

Seguindo com nossa série Pergunte ao Canal Piloto, vamos responder à dúvida de hoje:

Dúvida

Oi meu nome é Pedro , tenho 25 anos , e no momento estou na Califórnia cursando PPH . PCH E IFR !!!

Gostaria de saber , quando voltar para o Brasil , quanto tempo em média demora para a ANAC validar minha carteira ..

E se a ANAC registra minhas horas de vôo nos EUA para minha carteira do BRASIL !!!

Se pudesse me informar algumas informações adicionais sobre esse mesmo assunto … Facilidade de arrumar emprego , se existe algum tipo de prova que tenho que fazer quando voltar , se existe preconceito contra pilotos de formação fora do país ….

MUITO OBRIGADO ..

Pedro dias

Nossa resposta

Pedro,

Hoje, após fazer o voo de cheque, você recebe a sua CHT provisória, para que a imprima assim que solicitar a carteira brasileira. Isso pode ser feito em até 30 dias após o voo de cheque. Algumas escolas costumam orientar o aluno em como enviar essa solicitação. A ANAC envia a CHT definitiva pelo correio somente após a análise do processo, o que chega a demorar até 60 dias.

Em relação às horas de voo, segundo a RBAC 61, para a convalidação de PPH ou PCH – VFR  são necessárias:

  • 1,5 horas de voo com exatos 3 pousos diurnos e 3 pousos noturnos;
  • 1,5 horas de voo para fins de cheque.

Para a convalidação de PCH – IFR:

  • 2,5 horas de voo, com exatos 3 pousos diurnos e 3 pousos noturnos;
  • 6,0 horas de simulador AADT.

Independente se for PP ou PC, o solicitante (aluno) deverá fazer uma prova de Regulamentos na ANAC.

Em relação à sua pergunta sobre emprego, devido ao mercado da aviação no Brasil estar hoje em um momento de baixa, as Escolas/Aeroclubes dão preferência por contratar os alunos que fazem, com eles, toda a formação de PC e INVA – ou PP, PC e INVA. Porém, para trabalhar em empresas de táxi aéreo, não há nenhum preconceito contra profissionais que fizeram a sua formação nos EUA.

Acredito que as duas opções seriam boas para você: fazer o INVA nos EUA e tentar arrumar um emprego aí mesmo, ou voltar para o Brasil, fazer o INVA por aqui e tentar dar instrução onde houver feito o curso. Creio que hoje, com o mercado cheio de pilotos, duas coisas são fundamentais: um mínimo de 500h de voo, e o ICAO nível 4 com uma boa proficiência em inglês.

Abraços,

Rodrigo Satoshi

INVA – Instrutor de Voo de Avião

O leitor de hoje enviou sua dúvida através do nosso e-mail. Você pode fazer o mesmo, caso não encontre a resposta nas perguntas já respondidas.

Rodrigo Satoshi
Redes

Rodrigo Satoshi

Instrutor de Voo de Avião e professor de curso teórico para Pilotos Privados e Pilotos Comerciais.
Rodrigo Satoshi
Redes