Prova da ICAO: O que é e quando realizá-la

posted in: Artigos, Rodrigo Satoshi | 3

Hoje abordaremos um certificado essencial para qualquer piloto que pretende trabalhar na aviação comercial ou executiva. Costumo dizer que atualmente, seja no Brasil ou no mundo, possuir um ICAO 4 ou superior é tão importante quanto as carteiras de PC-MLTE/IFR. A seguir iremos detalhar o nível de inglês desejado para se obter um bom nível ICAO, como se preparar para a prova, e qual o momento ideal para realizá-la.


Um certificado indispensável

O Certificado de Inglês da ICAO é o documento que afirma que um aviador é capaz de se comunicar e compreender todo o vocabulário técnico aeronáutico na língua inglesa. Apesar de não existir nenhum curso obrigatório prévio para a realização da prova que o emite, é comum que os interessados comecem a se preparar assim que possível, com até anos de antecedência. Após a prova, o candidato será avaliado em uma escala de 1 a 6, sendo que o nível 4 é o mínimo operacional aceitável para o piloto utilizar esse certificado no mercado de trabalho. Mas, claro, quanto maior o nível, melhor.


Diferentes exercícios e dificuldades

Em um local onde estarão o candidato e o avaliador, juntamente com outro piloto formado que auxiliar esse primeiro profissional, serão aplicados vários exercícios com o objetivo de avaliar os conhecimentos de inglês técnico, abrangendo o vocabulário, interação e pronúncia.

Dentre eles, está o exercício onde o candidato deve avaliar uma imagem relacionada com algum incidente ou acidente aeronáutico, utilizando a linguagem técnica. Nesse momento deve-se utilizar todo vocabulário e conhecimento que se possuí, citando não apenas o óbvio da imagem, mas também descrevendo o tipo de aeronave, meteorologia, ambiente na qual ela se encontra, e qualquer outra opinião que mostre ao avaliador o nível de seu preparo.

Outro tópico que exige uma atenção ainda maior é o da avaliação de uma interação verbal. O avaliador tocará uma trilha de áudio de fonia, com toda a estática e interferências típicas, através da qual o candidato deve identificar o possível problema citado por controlador ou aeronaves, explicar qual seria a solução, ou até a mesmo repetir uma solicitação mencionada por uma segunda aeronave da gravação. No calor do momento, há candidatos que confundem até mesmo Bird Strike com Tailstrike, portanto a atenção deve ser redobrada.

Apesar desses tópicos fixos, sempre é plausível que o avaliador lance novas perguntas ou interações por conta própria.

Com isso, vemos que para se obter um bom aproveitamento na avaliação, o candidato deve apresentar um inglês em nível avançado, vendo que a prova consiste na avaliação de gramática, estrutura, vocabulário, compreensão, pronúncia e interação. É necessário também possuir uma boa base quanto ao tempo verbal, utilização correta das palavras e principalmente das preposições, além da pronúncia correta e boa compreensão dos áudios. Afinal, soltar um “I’m go arounded” não lhe ajudará em nada.


Prepare seu inglês técnico… E inglês cotidiano

Antes mesmo de se cogitar em iniciar um curso preparatório específico para a ICAO, é cabível investir primeiramente em escolas tradicionais de inglês comum (ou até aulas particulares), para inicialmente se atingir uma base no idioma, rumo ao nível de inglês avançado. Só após, recomenda-se buscar algum dos cursos especializados em ICAO.

Uma vez que esteja preparado para aulas focadas em sua futura prova ICAO, aconselho que no mínimo sejam realizadas de 8 a 10 aulas, para garantir assim o sucesso na prova. Com isso o aluno poderá assimilar de modo ideal o vocabulário aeronáutico, além de poder perceber como esse novo conhecimento influencia na interpretação das comunicações com os órgãos de tráfego aéreo (Controle e Torre).


O momento certo

Há quase um consenso de que o momento correto para fazer a prova é após o check do PC. É comum que alunos mais apressados tentem garantir o certificado até mesmo durante o prático de PC, contudo, os próprios voos dessa fase final da formação irão ajudar ainda mais o candidato em sua prova.

O treinamento IFR e MLTE abrirão um novo universo de expressões, vocabulário e situações ao piloto, e com essa nova bagagem, ele poderá se sair ainda melhor em sua adaptação à língua inglesa e futura avaliação.


Um ano de preparação

A prova da ICAO é uma das avaliações para a qual eu mais me preparei, junto com o CCT de PCA.

Na ocasião eu já tinha um inglês intermediário, próximo ao avançado, porém não praticava há muito tempo e devido a isso, tive um longo período de preparação. Finalmente, após um ano de muita dedicação, consegui atingir meu objetivo.


Esteja realmente preparado

O valor da prova atualmente é próximo de R$ 1.000,00. Devido a esse investimento nada baixo, procure realizar a prova não somente quando você se considera preparado, mas principalmente quando seu professor do curso preparatório lhe der o “sinal verde”.

Tal qual em uma aproximação arriscada, esteja 100% confiante. Não aposte suas fichas no “Acho que dá”.


Saiba mais:


Imagem: Maarten Visser via Wikimedia Commons CC BY 2.0

Rodrigo Satoshi
Redes

Rodrigo Satoshi

Instrutor de Voo de Avião e professor de curso teórico para Pilotos Privados e Pilotos Comerciais.
Rodrigo Satoshi
Redes
  • Ricardo Aguilar

    Olá! Tenho uma dúvida. Atualmente estou fazendo curso de CMS mas meu sonho sempre foi ser Piloto. Atualmente na escola aonde estou fazendo o curso de CMS oferecem o curso de PP, porém, não entregam certificado pois não é um curso homologado pela ANAC. Pesquisei na EJ e nessa escola me falaram que o curso é homologado e entregam certificado, só que a diferença de preço é quase o dobro. Gostaria de saber se realmente faz alguma diferença fazer o curso numa escola homologada ou não pois não tenho muito claro se o curso é obrigatório ou não. Poderiam me ajudar? Obrigado desde já!

  • Rodrigo Carvalho Heck

    Onde realizar a prova no Brasil?