Dúvida – Qual a composição do salário de um piloto em uma companhia aérea?

posted in: Duvidas | 1

Seguindo com nossa série Pergunte ao Canal Piloto, vamos responder à dúvida de hoje:

Dúvida

Essa é uma pergunta diferente das outras, muitas perguntam quanto um piloto ganha, a intenção da pergunta não é essa.

Eu gostaria de saber a composição de salário.

Exemplo:           

Vendedor tem um fixo e comissão.

Gostaria de saber isto, se ganham por hora de voo, se as companhias pagam salubridade aos pilotos, se também tem V.A / V.R, convênio médico e etc.

Desde já grato por sanar a dúvida.

Eliabe Cardoso.

Nossa resposta

Eliabe,

Fui procurar algumas pessoas que já estão trabalhando em companhias aéreas como pilotos, e a resposta que obtive foi a seguinte: 55% de salário fixo + 35% pelas horas de voo + 10% em diárias.

O único fixo, como o próprio nome diz, é o salário. As horas de voo variam de mês para mês.  As diárias são os valores que as empresas aéreas pagam aos tripulantes (pilotos e comissários) para almoçar e jantar, quando estão fora de suas bases.

O tripulante pertence à base, não à sua residência. Por exemplo: um piloto pode morar em Piracicaba, interior de São Paulo, e ter como sua base o aeroporto de São Paulo – Congonhas. Sendo assim, qualquer despesa de alimentação fora de São Paulo é por conta da empresa. Mas o transporte de Piracicaba até São Paulo, no caso deste exemplo, é por conta do tripulante.

Para você que pensa em ser piloto pelo salário, lembre-se o mundo da aviação é muito instável. Você não terá horários, finais de semana, e muito provavelmente vai trabalhar de madrugada e ficar em média 4 dias por semana longe da família. E saiba também que a curtição não é regra, já que os voos em sua maioria duram o dia todo. Quando você chega ao hotel, o que mais quer fazer é descansar, para voltar a trabalhar no dia seguinte.

Sugiro a você ler este post, onde falo um pouco mais sobre salários e rotinas de trabalho.

Porém, a vista que um piloto tem do nascer ou pôr-do-sol não tem preço. Ver o mundo lá de cima é demais. Recomendo assistir a este e este vídeo, que mostram exatamente isso.

Aposto que você vai adorar os vídeos.

Abraços,

Rodrigo Satoshi

INVA – Instrutor de Voo de Avião

O leitor de hoje enviou sua dúvida através do nosso e-mail. Você pode fazer o mesmo, caso não encontre a resposta nas perguntas já respondidas.

Rodrigo Satoshi
Redes

Rodrigo Satoshi

Instrutor de Voo de Avião e professor de curso teórico para Pilotos Privados e Pilotos Comerciais.
Rodrigo Satoshi
Redes
  • Enderson Rafael

    Essas porcentagens são bem próximas do que acaba acontecendo, mas varia bastante de mês a mês. Pois o fixo é fixo (e inclui 54h de voo, sendo o varíável o que se excede nestas 54h mais noturnas e domingos/feriados), mas o variável, varia bastante mesmo. O salário pode dobrar ou cair pela metade dependendo da quantidade de horas de voo e da qualidade destas horas – se são noturnas ou domingo, por exemplo. Então se alguém voa 70h dia de semana de dia, vai ganhar muito menos do que quem voa umas 50h só de noite e aos domingos e feriados.

    Sobre o VR e VA, não há. Insalubridade e periculosidade há sim um adicional, afinal, muito mais que o risco de acidentes (que é notoriamente baixo apesar da natureza radical do negócio), estamos expostos diariamente a pressurização e radiação, por exemplo.

    As diárias não são parte do salário, e dependem claro do quanto você voa e das jornadas que vocês faz. Se você está em programação ou fora da base nos horários determinados praquela diária, sendo ceia, café da manhã, almoço ou jantar, a recebe em dinheiro na sua conta na quinzena seguinte. Se estiver dentro do avião, recebe também uma refeição ou lanche, afinal, nunca é demais lembrar, costumamos passar de 8 a 10h por dia dentro do avião só nas rotas domésticas. Bem mais pra quem faz voos de longo curso.

    Por fim, o convênio médico varia de cia. Alguma pagam uma participação, outras oferecem planos com tarifas mais baixas. Estamos falando de Brasil. No exterior é tudo diferente, de remuneração a benefícios.