Os Novos Corredores da TMA São Paulo

Novos Corredores_Capa_Canal_Piloto

A partir desta quinta-feira, dia 12/11/2015, entram em vigor as novas regras para os corredores visuais da Terminal São Paulo (TMA SP), recentemente publicadas pelo DECEA – Departamento de Controle do Espaço Aéreo. Por ser a terminal mais movimentada do Brasil – e também, onde muitos alunos pilotos fazem a sua formação prática – é importante divulgar as novas características de seus corredores visuais.

Se você faz a sua formação aeronáutica por essa região, ou mesmo passa por aqui eventualmente, é essencial estar ciente da circular AIC-N 17, que descreve em detalhes as mudanças. Trata-se de um documento de 17 páginas, incluindo acrônimos e ilustrações, de forma que sua leitura é bastante rápida e leve, e sua compreensão, bastante tranquila. Também é preciso familiarizar-se com o Anexo C e o Anexo D, que são as novas cartas REA aplicáveis à região.

Mesmo assim, para não sobrarem muitas dúvidas, abaixo destacamos também algumas das alterações mais importantes:


Seja breve, sem deixar de ser completo

Radios_Canal_Piloto

Para descongestionarmos as frequências de coordenação, sem no entanto comprometer a comunicação, o DECEA estipulou um novo padrão de fraseologia, não muito diferente do anterior. De acordo com as novas regras, cada comunicação deverá ter a seguinte estrutura:

• Prefixo da Aeronave
• Rota (caso esteja voando em uma)
• Posição Atual
• Altitude
• Proa Atual
• Repetir o prefixo, para enfatizá-lo

Assim, as comunicações terão um formato como “PR-ABC, corredor KILO, vertical TRAVÉS JARINU, 5.000 pés, proa ATIBAIA, ALFA BRAVO CHARLIE”.


Alto e Claro, não apenas no rádio

Cessna_Citation_Landing_Canal_Piloto

A partir de agora, o DECEA recomenda que se utilize a maior altitude permitida em cada corredor, salvo haja limitação de teto, para que façamos o abatimento de ruído nas cidades sobrevoadas. Também enfatiza a recomendação de, quando possível, manter as luzes de pouso acionadas durante toda a circulação nos corredores da TMA SP, ao invés de apagá-las ao cruzar os 400 ft AGL. A medida visa melhorar a visualização do tráfego pelas outras aeronaves.


Cada portão agora tem seu nome

Portão_Canal_Piloto

Até o momento, os portões da TMA SP eram conhecidos por suas numerações. A partir de agora, cada portão terá um nome para designá-lo. O atual Portão 3, por exemplo, passará a se chamar Portão Lagoa, em alusão à lagoa de Jundiaí, que fica na mesma posição. Alguns portões foram criados, outros excluídos. Novamente, é fundamental conhecer as novas REAs.


Lembrando novamente, estes são apenas alguns exemplos das novas mudanças. Não se tratam de alterações pontuais, mas sim, de uma reformulação nas cartas dos corredores. Ler a circular AIC-N 17, disponível no site do DECEA, e conhecer as novas REAs, disponíveis na seção de cartas da Aisweb, é imprescindível para um voo seguro.

Nossos agradecimentos especiais ao Comandante Ruy Flemming, pela divulgação destas informações.

Luiz Cláudio Ribeirinho
Redes

Luiz Cláudio Ribeirinho

Piloto Privado Teórico, host e editor do CP Cast, revisor, e vocalista da banda Rock Wheels.
Luiz Cláudio Ribeirinho
Redes

Latest posts by Luiz Cláudio Ribeirinho (see all)

  • Luiz Cláudio Ribeirinho

    Ótimo trabalho, Luis! Toda colaboração em divulgar essas informações é muito bem-vinda.

    Obrigado, e um grande abraço!